ADUFPA - Fóruns de servidores definem Dia Nacional de Lutas em Defesa dos Serviços Públicos

Associação de Docentes da UFPA

Seção sindical do ANDES-SN

Olá visitante

Login ▼

Publicado em 21/05/2018

Fóruns de servidores definem Dia Nacional de Lutas em Defesa dos Serviços Públicos

O Fórum Nacional das Entidades de Servidores Públicos Federais (Fonasefe) e o Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate) se reuniram na última terça-feira (15), em Brasília (DF), e debateram os próximos passos da mobilização dos servidores públicos.

 

Na reunião, foi definida a necessidade de construção de um Dia Nacional de Lutas em Defesa dos Serviços Públicos e pela valorização dos servidores. As entidades que compõem os fóruns irão consultar as suas bases, por meio de assembleias, sobre a possibilidade de construção desta data de luta em 7 de junho. A próxima reunião conjunta dos fóruns para avaliar o resultado das assembleias será em 29 de maio.

 

A proposta para o início do mês de junho é que os servidores saiam às ruas em defesa da Campanha Salarial dos SPF que, entre outras pautas, reivindica a correção salarial de 25,63% e a revogação da Emenda Constitucional (EC) 95/16 - do Teto de Gastos -, da Reforma Trabalhista e da Lei das Terceirizações. Veja a pauta protocolada no Mpog.

 

Antes disso, em 23 de maio, quarta-feira, os servidores realizarão atividade de panfletagem nos estados e municípios para expor à população os ataques do governo aos serviços públicos e aos direitos dos trabalhadores.

 

Segundo Renata Rena Rodrigues, 1º vice-presidente da Regional Leste do ANDES-SN e da coordenação do Setor das Instituições Federais de Ensino (Setor das Ifes) do Sindicato Nacional, os dias de mobilizações serão importantes para a construção da unidade das categorias do funcionalismo público e chamar a atenção do governo federal para negociar a pauta de reivindicações dos SPF. “Desde o protocolo da pauta da Campanha Salarial de 2018, não houve nenhum avanço nas negociações com o governo, que tem nos ludibriado em marcar uma reunião, depois da que ocorreu no início de março, mas até hoje não o fez”, criticou.

 

“É importante todas as entidades e, em especial, o ANDES-SN se mobilizarem para levar esse debate às assembleias para a construção de um dia nacional de lutas. Diante da inércia dos governos, dos ataques que não cessam, precisamos nos mobilizar seja em Brasília ou nos estados”, ressaltou a diretora do Sindicato Nacional.

 

Fonte: ANDES-SN